Notícias

Na estreia na bolsa, Azul é empresa aérea mais valiosa da América Latina.

Valor da empresa superou o da Latam, que é líder no tráfego aéreo da região; companhia também entrou na lista de 20 empresas mais valiosas do Brasil, na 16ª posição.

 

No primeiro dia de negociações de suas ações, a Azul entrou na lista de empresas aéreas mais valiosas da América Latina. O valor de mercado da Azul no fim do dia era de R$ 27,9 bilhões (ou US$ 8,89 bilhões), de acordo com a empresa de informação econômica Economatica.

O valor da Azul superou o da Latam, maior empresa da América Latina, que vale US$ 8,1 bilhões, e o da Gol, a 13ª do ranking da região, que vale US$ 1,13 bilhão, segundo a Economática.

ação da empresa disparou 6,6% no pregão desta terça-feira (11), puxada por notícias de que o governo brasileiro iria liberar o capital estrangeiro em companhias aéreas. Hoje a atuação de estrangeiros é limitada a 20% do capital votante neste setor.

O governo, no entanto, mudou de estratégia no fim do dia e, em vez de editar a decisão por meio de medida provisória, decidiu elevar o controle de capital estrangeiro por meio de projeto de lei.

No ranking do continente, a Azul é a sexta empresa mais valiosa, perdendo apenas para companhias americanas.

1.       Southwest Airlines (EUA): US$ 33,88 bilhões

2.       Delta Airlines (EUA): US$ 33,1 bilhões

3.       United Airlines (EUA): US$ 22,23 bilhões

4.       American Airlines (EUA): US$ 22,15 bilhões

5.       Alaska Air Group (EUA): US$ 10,97 bilhões

6.       Azul (Brasil): US$ 8,89 bilhões

7.       Latam (Chile): US$ 8,11 bilhões

8.       JetBlue (EUA): US$ 7,26 bilhões

9.       Spirit Airlines (EUA): US$ 3,65 bilhões

10.   Skywest (EUA): US$ 1,67 bilhão

A empresa também entrou na lista das 20 empresas mais valiosas do Brasil, na 16ª posição, segundo a Economatica.

Fonte: G1.com